Há sempre uma dica quando você valida o código na W3C. Estes dias eu li um que foi muito útil. Basicamente ele dizia:

Muitas pessoas usam nome de classes como textoazul ou bordavermelha. A melhor maneira de nomear suas classes é pela sua função no html que ela está inserida

Se você colocar um nome da classe bordaVermelha e essa borda ficar azul? Ou seja, a aparência pode sempre mudar, mas a função que a classe representa não. Então é sempe uma boa prática nomear classes de acordo com sua função ou contexto e não com suas características. Já me deparei com esses nomes, mas realmente é um hábito ruim de programação CSS. Abaixo, vai as dicas da W3C de nomes bons e ruins:

Nomes bons

  • warning
  • important
  • download_imagem

Nomes ruins

  • fundo_azul
  • borda_verde
  • lista_bonita

Isto não vai prejudicar a apresentação final, mas com certeza é um bom hábito e uma boa prática para se ter um código mais bem lido e com uma melhor manutenção.

3 Replies to “Use class com a semântica em mente”

  1. A nomeação dos elementos em uma programação sempre foi importante, no CSS não seria diferente. Apesar de ser uma linguagem puramente para design, ela não deixa de ser linda como é…

  2. Com certeza Pedro, o problema é que muitos fazem o código esquecendo que um dia pode ser visualizado ou alterado por outros. Mesmo quando for desenvolver sozinho, é uma boa prática para não ter erro quando for trabalhar em equipe…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.